Unicamp e Zumbi dos Palmares ampliam convênio

Antonio José Meirelles, reitor da Unicamp e José Vicente, reitor da Universidade Zumbi dos Palmares/Fotos: Antoninho Perri/Unicamp

Reitores assinam documento para formulação de políticas públicas e manutenção das ações entre ambas as universidades

O reitor da Unicamp, Antonio José de Almeida Meirelles, acompanhado da coordenadora-geral, Maria Luiza Moretti, recebeu o reitor da Universidade Zumbi dos Palmares, José Vicente, para a assinatura de um termo aditivo do convênio entre as duas instituições. A manutenção do acordo entre as universidades prevê o desenvolvimento de ações com o Núcleo de Estudos de Política Públicas da Unicamp, que fornecerá instalações, estudos e competências. A cerimônia de assinatura do acordo foi realizada no Instituto da Computação (IC), em 10 de novembro.

Para o reitor da Unicamp, a continuidade desse convênio é importante para a formação dos alunos da universidade e, ainda, para formulação de políticas públicas que promovam mudanças na sociedade. “A Unicamp foi a primeira universidade a implantar o sistema de cotas. Os resultados são excelentes. Atualmente, 50% dos nossos alunos são oriundos de escolas públicas e estamos com 30% de alunos beneficiados pelas cotas étnico-raciais. Em meio à crise que vive o país, nossa luta é para garantir a permanência, oferecendo todo o suporte necessário”, apontou.

Legislação

José Vicente disse que ter a Unicamp com parceira é um importante referencial. Além da assinatura do convênio, o reitor pediu apoio para o Movimento “Cota Sim”. A Lei 12.711 de 2012, chamada Lei das Cotas, define que as Instituições de Ensino Superior vinculadas ao Ministério da Educação, além das instituições federais de ensino técnico de nível médio, devem reservar 50% de suas vagas para as cotas. Mas ela encerrará sua vigência em 22 de agosto de 2022. “Estamos numa luta, junto ao Congresso Nacional, para que a Lei das Cotas seja prorrogada por mais 10 anos. Por isso o Movimento Cota Sim. Estamos buscando apoio da sociedade civil para alcançarmos um milhão de assinaturas”, explicou Vicente.

Em nome da Unicamp, Antonio Meirelles e Maria Luiza declararam apoio ao movimento e afirmaram que universidade está aberta para receber a campanha e incentivar a coleta de assinaturas. “O sistema de cotas veio para mudar, de forma positiva, o cenário da educação no Brasil. Ele tem nosso apoio para o avanço no processo de igualdade”, declarou o reitor da Unicamp.

Em nome da Unicamp, reitor Antonio José Meirelles e coordenadora-geral Maria Luiza Moretti declararam apoio ao movimento "Cotas Sim"
Encontro entre Antonio José Meirelles, reitor da Unicamp, José Vicente, reitor da Universidade Zumbi dos Palmares e Maria Luiza Moretti, coordenadora geral da Unicamp/Fotos: Antoninho Perri

JORNAL DO CASTELO

Read Previous

Etecs da região de Campinas são destaques em Mostra de Ciências Tecnologia

Read Next

Campinas recebe a Caravana Iluminada de Natal da Coca-Cola FEMSA Brasil

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *