Verônica Carmacio Chaves conquista primeiro lugar em evento científico


Verônica Carmacio Chaves superou as dificuldades causadas pela pandemia e conquista importante prêmio. Com a pandemia, diversos eventos científicos tiveram que se reinventar e novos eventos
ganharam cenário na continuidade dos trabalhos em prol da valorização científica de
estudantes do ensino fundamental e médio das escolas públicas e privadas do país. Milhares
de pessoas tiveram que se recolher em seus lares e, com isso, as relações afetivas foram
ressignificadas.
A Feira Paulista de Ciência e Tecnologia surge com o objetivo de incentivar a criatividade e a
inovação em jovens talentosos para reconhecer suas iniciativas em prol do conhecimento, de
forma gratuita e aberta aos estudantes da rede pública e privada do Estado de São Paulo.
Da escrita do diário de bordo até a apresentação em sessões virtuais para os avaliadores, a
Feira Virtual possibilitou novos caminhos para a ciência e premiou os trabalhos que tiveram
tecnicamente seus trabalhos melhor avaliados nos critérios de: atitude científica, habilidades
técnicas, criatividade, relevância, profundidade, aplicação do método científico, qualidade do
conteúdo e apresentação oral.

Leia também: Museu da Cidade realiza caminhada histórica


Durante os dias 30/11 e 09/12 foram realizadas as avaliações dos trabalhos por uma equipe de
avaliadores, composta por mestrandos, mestres, doutorandos e doutores. E na tarde do dia
10/12, sexta-feira, foi realizada a sessão solene de premiação dos projetos melhor avaliados,
por um corpo de 3 a 4 avaliadores por trabalho.
A estudante do 2º ano do Ensino Médio na Escola Estadual Adoniran Barbosa, Verônica
Carmacio Chaves, conquistou o 1º Lugar na Categoria Ciências Sociais Aplicadas e também
o 3º Lugar Geral nas notas dos avaliadores. Sob orientação do graduando em Publicidade e
Propaganda da Universidade do Oeste de Santa Catarina (UNOESC), Davi Alexandre
Schoenardie, Verônica desenvolveu a pesquisa “Pandemia e Cinema: Uma Análise do Toque
Humano no Filme ‘A Cinco Passos de Você’ (2019”.
O orientador comenta que Verônica se superou na apresentação e o surpreendeu ao vencer o
seu nervosismo, o que a fez conseguir apresentar tudo aquilo que os dois desenvolveram
durante o ano de 2021. Com isso, além das duas premiações, a estudante conquistou uma
vaga na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (FEBRACE), da Universidade de São
Paulo (USP), uma das mais renomadas e disputadas feiras do Brasil.
A pesquisa teve como objetivo inicial explorar a proximidade estética do toque humano em
cenas do Filme “A Cinco Passos de Você” (2019) com o momento atual do isolamento social
durante a pandemia da covid-19. Com os achados da pesquisa, foi possível corroborar a
hipótese inicial de que há uma aproximação entre a narrativa dos personagens principais e a
situação em que estamos vivendo, sobretudo nas relações afetivas.
Verônica conta que ficou bastante emocionada e ressalta a importância do trabalho diante das
mais de 600 mil mortes pela covid-19 no Brasil. Também comenta que o trabalho carrega
uma motivação pessoal de transmitir, por meio da sétima arte, as dores emocionais que
muitas pessoas sentiram com esse período histórico que vivemos, além de ressaltar a
homenagem ao ator Paulo Gustavo que perdeu a vida por complicações da doença neste ano.

JORNAL DO CASTELO

Read Previous

Sanasa inaugura primeira árvore de Natal digital de 10 metros de altura do País

Read Next

Orquestra Sinfônica de Campinas apresenta Concerto de Natal

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *